Cabelo

Como atingir o melhor resultado com escova progressiva? Descubra já!

Dê sua nota!

A escova progressiva é um tratamento feito da combinação de produtos ideais, que recompõe a fibra capilar, fazendo com que os fios fiquem mais lisos e livres do volume. Ela entrou no mundo feminino, especificamente, no ano de 2001, substituindo alisamentos permanentes e relaxantes. Hoje, muitas mulheres não vivem mais sem a “progressiva”.

A verdade é que uma grande parte do público feminino sofre com cabelos volumosos, sem forma, indisciplinados, e entende que o tratamento químico é a solução dos seus problemas, já que ele alisa os fios e reduz o volume.

Além do mais, os cabelos ficam muito fáceis de serem arrumados. Assim, o tempo que as mulheres gastavam esticando e puxando as madeixas é substituído por rápidos minutos de finalização com o ar quente do secador, é muito prático!

Porém, temos que ficar atentas com dois pontos: cuidado com os produtos usados no processo e, também, com o pós-alisamento. Demandar essa atenção fará com que você não corra riscos e mantenha seus fios saudáveis.

Neste post você terá conhecimento de como atingir o melhor resultado com a escova progressiva, seus prós e seus contras. Vamos lá?

Como atingir o melhor resultado com a escova progressiva?

Depois que a escova progressiva se popularizou, surgiram muitas opções no mercado: escova de morango, chocolate, mel, leite, frutas, além da marroquina. E essa gama faz com que algumas dúvidas fiquem no ar. A pergunta “Qual “progressiva” é a melhor para o meu cabelo?” é muito frequente, e para respondê-la considere a listagem a seguir!

1 – Tome cuidado com a composição do produto que será usado em seus fios.

Independentemente do “sabor”, para conseguir o melhor resultado com a escova progressiva é bom que você saiba qual a composição do produto que será aplicado em seus cabelos – com a ajuda de um profissional, não importa se fará o procedimento em casa ou no salão.

A maioria dos produtos tem como principal elemento químico o ácido fórmico, o famoso “formol”. Saiba que quando esse composto é colocado em excesso no contato com a cabeça, pode provocar aceleração de queda capilar, intoxicação, problemas respiratórios, coceiras e até queimaduras no couro cabeludo.

Então, alguns cuidados são necessários. O limite máximo de formol permitido pelos órgãos reguladores, para que resultados extremos não sejam alcançados, é de 0,2%. No salão, converse com o profissional sobre o assunto e peça para verificar a embalagem – não tenha vergonha, é a sua saúde que está em jogo. E ao adquirir os produtos de forma autônoma, para realizar o procedimento em casa, não tenha preguiça de fazer uma leitura minuciosa.

Se, no rótulo, estiver indicado que o produto contém “Formaldeído” ou “Poliformol” se atente à quantidade, que deve ser de 0,2%. Do contrário, o cheiro será muito forte e ajudará na denúncia do composto!

Existem dois substitutos para o formol: o Tioglicolato de Amônio e a Etalonamina. Eles não prejudicam o cabelo como o formol, pois não retiram as moléculas da medula dos fios, apenas confundem as cadeias e fibras internas, fazendo com que o cabelo perca a identidade e, assim, possa ser moldado com aspecto liso.

2 – Qual o seu objetivo?

A progressiva não é feita para hidratar os cabelos. Embora ela dê um brilho aos fios, sua finalidade, enquanto procedimento, é alisar e retirar o volume. Se você busca hidratação e alisamento, invista na queratina, processo intitulado “selagem”.

Fique atenta para a duração da progressiva: até quatro meses. Acontece que, além do produto sair dos fios, a raiz irá crescer, fazendo com que um retoque (mais ou menos trimensal) seja necessário.

3 – Qual o seu tipo de cabelo?

A escova progressiva é o método preferido de quem tem o cabelo muito armado, ou não deseja ter os cachos tão marcados. Acontece que esse tratamento suaviza o estilo de cabelo que a pessoa já tem, provocando uma mudança significativa, mas não drástica.

A escova progressiva já foi vetada para aplicação em crianças – assim como qualquer procedimento que envolva produtos químicos. E, mesmo quando tratamos dos adultos, ela não é indicada para todos os tipos de cabelo, como os afros e os danificados.

– Os cabelos afros que, geralmente são constituídos de fios porosos, acabam tendo resultados negativos. Acontece que o cabelo crespo, que tem sua estrutura espiral e um número menor de cutículas (escamas) apresenta uma fixação baixa do produto, e, depois da selagem, os fios podem ficar mais grossos.

– Os cabelos danificados também podem ficar mais agredidos após uma progressiva. É importante que você faça uma análise com um profissional especializado e, também, uma recuperação dos fios com hidratação, caso eles estejam fragilizados e quebradiços.

Esperamos que você tenha aprendido os caminhos para obter a melhor escova progressiva!

Durante muito tempo “fazer a progressiva” só era possível nos salões de beleza especializados. Hoje, sites como o Meu Salão disponibilizam marcas confiáveis para que você mesma faça a sua escova progressiva, sem correr riscos.

Dentre elas, estão: Fox Cosméticos, G Hair, Inoar, Keratinex, La Bella Liss, Madame Lis, Maria Escandalosa, Mediterrani, Portier e Zap.

Venha conhecer os produtos do Meu Salão! Se você já comprou em nosso site, com certeza sabe da nossa qualidade e variedade. Aqui você encontra tudo o que os seus fios precisam!

Compartilhe com as amigas! <3

Comente aqui!

comentários

Deixe seu comentário acima ↑
Postagem anterior
5 de dezembro de 2018
Postagem seguinte
5 de dezembro de 2018

Postagens relácionadas