Cabelo

Do castanho escuro ao ruivo: o que fazer?

Dê sua nota!

“Você é ruiva natural?”

Que mulher nunca sonhou em ouvir essa pergunta, não é? Porém, para quem não nasceu com os cabelos avermelhados naturalmente, ser ruiva parece um desejo bem distante, especialmente se o cabelo for escuro. Felizmente, o mercado oferece uma enorme variedade de coloração de cabelo, que nos ajuda a mudar o visual da forma como queremos.

Então, o sonho de ser ruiva pode se tornar realidade!

Embora as loiras tenham mais facilidade para chegar no tom desejado, por não necessitarem de descoloração, as mulheres de cabelos mais escuros também conseguem o ruivinho sem danificar os fios. Para isso, basta ter um pouco de paciência e produtos de qualidade.

Entenda como!

Como chegar no ruivo desejado

Se você é uma pessoa “camaleoa”, que gosta de estar sempre mudando a cor do cabelo, entende que a mudança de tom é um processo lento. Quem tem as madeixas claras, possui um leque maior de opções de cores, inclusive o ruivo. Para as morenas, essa nuance também é possível, mas é preciso passar por um procedimento mais demorado.

Conheça as técnicas!

  1. Para quem tem cabelos virgens
    Para os cabelos virgens, é muito mais fácil chegar ao tom pretendido. Se o teste de mecha (que é importantíssimo!) apontar que os fios têm dificuldade de descolorir com a tinta, será necessário usar um descolorante para abrir a tonalidade da base do cabelo. Porém, na maioria dos casos, é possível ir direto para a tintura, sem a necessidade do descolorante.
  2.  Para quem tem cabelos castanhos tingidos
    Para quem já tem cabelos com tintura, as principais técnicas são:
    Decapagem capilar:
    Esse método é utilizado para fazer uma limpeza nos fios. O objetivo é retirar o pigmento da tinta do cabelo para que ele possa receber outra coloração. Ideal para quem pintou e se arrependeu. É uma técnica agressiva, que precisa de muito cuidado para não deixar os fios “judiados”. Por isso, é recomendado que seja feita no salão: os profissionais utilizam produtos específicos que foram desenvolvidos para manter a saúde do cabelo.
    Descoloração:
    Dependendo da base do ruivo desejado, a decapagem não é suficiente. Se a maioria dos pigmentos castanhos já saiu, mas a base do fio ainda está escura, talvez você tenha de fazer uma descoloração. Nesse caso, é importante escolher um pó descolorante e um oxidante de boa qualidade. Mas lembre-se: não faça a descoloração no mesmo dia da decapagem! Espere alguns dias para que seu cabelo se recupere.

    Depois da descoloração, ofereça uma hidratação profunda às madeixas! Ela terá perdido bastante água e precisará de reposição de nutrientes.

 

Após tirar os pigmentos e clarear os fios, é hora de escolher qual tonalidade de ruivo vai ser aderida!

Mas e quem não quer decapar nem descolorir?

É possível que você chegue ao ruivinho sem ter de usar as técnicas mostradas anteriormente, mas depende da sua paciência e do quão escuro está seu castanho. Para isso, uma solução é ir fazendo mechas vermelhas aos poucos, para clarear por etapas. Embora demore um pouco, o resultado vai ser alcançado mantendo os cabelos mais saudáveis.

Outra opção, é deixar o ruivo para depois. Que tal investir, primeiramente, em um cabelo castanho iluminado? Assim como o ruivo, está super em alta e é lindo!

Agora, se você está ansiosa para o vermelhinho e já aprendeu as técnicas para tirar o pigmento castanho, é hora de escolher o tom do ruivo.

Conheça as nuances!

O ruivo e suas nuances

O ruivo possui muitas variações para atender a todos os gostos. Mas, antes de entrar nas nuances em si, você sabe como funciona a numeração das tinturas (“7.4”, por exemplo)?

Basicamente, esses números representam a cor base e os reflexos. O número anterior ao ponto, que no nosso exemplo é o 7, se refere à base da tintura. Essa base vai do número 1 ao 12: quanto mais próxima do 1, mais escura, e quanto mais próxima do 12, mais clara. Veja o que as bases indicam:

  1. Ultra Preto
  2. Preto
  3. Castanho Escuro
  4. Castanho Médio
  5. Castanho Claro
  6. Loiro Escuro
  7. Loiro Médio
  8. Loiro Claro
  9. Loiro Muito Claro
  10. Loiro Claríssimo
  11. Loiro Super Claro
  12. Loiro Super Claríssimo

 

Você deve estar pensando: mas por que só tem loiro e castanho? Cadê o ruivo?

O ruivo é determinado pelo reflexo, que é representado pelo número que vem depois do ponto:

.0 – Sem reflexo/Natural

.1 – Azul/Acinzentado

.2 – Violeta/Irisado

.3 – Dourado

.4 – Laranja/Cobre

.5– Acaju

.6 – Vermelho

.7 – Marrom/Chocolate

Os ruivos, no caso, são indicados pelos reflexos 4, 5 ou 6. Cada número resulta em um tipo de ruivo diferente e, muitas vezes, as nuances são misturadas para criar efeitos distintos ou intensificar a cor.

Alguns tons de ruivo são:

E aí, qual o seu favorito? No site Meu Salão você encontra diversas tinturas para atingir o querido ruivo, além de muitos outros produtos para o cabelo! E para quem alcançou o ruivinho e quer manter a nuance sempre intensa, a dica é utilizar um tonalizante com poder hidratante: hidratar mantendo a cor. Poderia ser melhor?

Para conferir mais dicas de cabelo como essas, assine nossa newsletter e receba os melhores conteúdos em primeira mão!

 

Compartilhe com as amigas! <3

Comente aqui!

comentários

Deixe seu comentário acima ↑
Postagem anterior
24 de abril de 2019

Postagens relácionadas